Leonardo, Eduardo Costa - Colcha de Retalhos

Leonardo, Eduardo Costa - Colcha de Retalhos
Letra: Leonardo, Eduardo Costa - Colcha de Retalhos

Aquela colcha de retalhos
Que tu fizeste
Juntando pedaço em pedaço
Foi costurada
Serviu para o nosso abrigo
Em nossa pobreza
Aquela colcha de retalhos
Está bem guardada

Agora, na vida rica que estás vivendo
Terás como agasalho colcha de cetim
Mas quando chegar o frio no teu corpo enfermo
Tu hás de lembrar da colcha
E também de mim

Eu sei que hoje não te lembras
Dos dias amargos
Que junto de mim fizeste
Um lindo trabalho
E nesta tua vida alegre
Tens o que queres
Eu sei que esqueceste agora
A colcha de retalhos

Agora, na vida rica que estás vivendo
Terás como agasalho colcha de cetim
Mas quando chegar o frio no teu corpo enfermo
Tu hás de lembrar da colcha
E também de mim

Postar um comentário

Copyright © videoclipe.net