Eduardo Costa - Faz de Conta

Eduardo Costa - Faz de Conta
Letra: Eduardo Costa - Faz de Conta

Pra que saber meu nome? saber do meu passado?
Não me pergunte nada, fique do meu lado

Vamos fingir que já nos conhecemos
Que não existe mais ninguém no mundo
Vamos viver a vida inteira nesta noite
E tentar aproveitar cada segundo

E não me diga nada do que pensa
Pense depois seja feliz primeiro
Invente um sonhos porque o mundo de mentira
É mais bonito do que o verdadeiro

E veja em mim só um desconhecido
Quem sabe até o seu amor pedido
Eu quero ser o que você quiser

Pra que saber meu nome?
Saber do meu passado?
Eu sou igual a tantos já amei e fui amado
Pra que saber meu nome?
Saber do meu passado?
Não me pergunte nada, fique do meu lado

Me dê a mão vamos fazer de conta
Que o amor existe e tudo é fantasia
E que a tristeza está cansada de sofrer
E por nós dois se transformou em alegria

E pode ser que depois dessa noite
Venha outra noite e mais outra e quem sabe
Pode ser que a vida faça uma surpresa
E que esse amor talvez nunca se acabe

E não serei mais um desconhecido
Serei teu sonho de amor preferido
E o que vai ser o tempo vai dizer

Pra que saber meu nome?
Saber do meu passado?
Eu sou igual a tantos já amei e fui amado
Pra que saber meu nome?
Saber do meu passado?
Não me pergunte nada, fique do meu lado

Postar um comentário

Copyright © videoclipe.net