Felipe e Ferrari - A Carta de Larissa

Felipe e Ferrari - A Carta de Larissa
Letra: Felipe e Ferrari - A Carta de Larissa

Era apenas um garoto
Criado no Mato grosso, lá no interior

Se mudou pra outra cidade
Pra fazer a faculdade, sonhava em ser doutor

Na bagagem ele trazia, fotos da sua família
Pai mãe e os seus irmãos

Do mundo nada sabia
O amor que conhecia era esse até então

Chegando no seu destino
E por ser um moço lindo foi chamando atenção

Mas pro mundo diferente
Ele era inocente sem maldade e sem noção

E logo foi flertado pelos olhos de Larissa
Que tinha namorado e ele sem malícia
Se encantou com o azul daquele olhar
E por Larissa ele foi se apaixonar

Foi ai que a sorte afastou da sua vida
Ele moço pobre ela moça rica
O orgulho bobo da sociedade
Afastou Larissa da felicidade...

O tempo passou
E aquele amor continuou
No coração desse doutor

Mas guardado na lembrança
Pois perdeu a esperança depois que ela se casou
E por não ter vaidade voltou pra sua cidade
E hoje vive muito bem

Construiu sua família
Na humildade na alegria perto de quem lhe quer bem
E Larissa continua em um mundo de luxúria, vaidade ostentação
Mas porém o seu dinheiro não preenche o vazio do seu coração

E quando vai deitar
Sem ao menos que ela insista,
Lágrimas escorrem dos olhos de Larissa
Trazendo a sensação
De estar só na multidão

Olha como a vida é feita de escolhas
Eu contei a minha, numa terceira pessoa
Minha história comprovou
Que só é feliz quem tem amor.

Só é feliz quem tem amor...

Postar um comentário

Copyright © videoclipe.net